Arquivo mensal: abril 2013

Sol

 

MINHA CONVERSA COM O ESPÍRITO DO SOL
Transmitida por UTE

Queridos amigos e leitores do blog!

No passado eu frequentemente me conectava com o nosso amado e magnífico SOL e seu povo, que vive dentro dele.
Surpreendentemente eu sempre experimentava uma linda presença de luminosidade fria e beleza, depois que eu ia além dos sentidos que percebiam o calor dele como insuportável e como um fogo potencialmente destrutivo.

Nestes grandes tempos de mudança, em que o Sol é soberano para nosso processo evolucionário e enquanto nós experimentamos crescentemente novas energias poderosas enviadas do Sol para a Terra – os cientistas as chamam de erupções solares – eu comecei a me conectar com o Espírito do Sol, para ser diretamente informada por ele sobre os significados esotéricos mais profundos da grande mudança que Ele também está passando.

Em meditação, parcialmente em minha sala de meditação, mas também sentada ao ar livre, exposta diretamente aos raios dele, eu perguntei ao Sol:

Amado Sol, por favor, você nos revelaria seu Segredo, seu verdadeiro Nome, seu Processo, sua Função em relação à Terra e aos outros planetas que giram ao seu redor, tudo que ainda está escondido atrás do aparente conhecimento com que a humanidade é familiar sobre você?
Qual é o seu futuro, o nosso futuro com você?
Obrigada!

Quando me conecto com Seu Espírito e energia, eu sinto os dois: sua extrema Presença e Poder de Criação e ao mesmo tempo sua extraordinária e vasta Ternura e Delicadeza.
Isto me explica por que o Sol é associado por diferentes culturas e tradições com deidades masculinas E femininas, dependendo da orientação de uma cultura: para o feminino ou o masculino.

E isto é o que veio ao meu conhecimento provindo do Espírito/Consciência do Sol:

A humanidade jamais será capaz de revelar meu verdadeiro Nome enquanto estiver vivendo na dualidade.

Eu SOU a Consciência Ilimitada e Indiferenciada que pode assumir todos os tipos de formas e estados de consciência limitada, por exemplo, essa do ser humano limitado à consciência cerebral tridimensional.

Eu SOU, e Eu SOU uma entrada para a energia consciente cósmica e para a luz consciente que emana do Centro da Galáxia.

Seus cientistas olham para mim como um corpo morto. Mas eu não sou. O que seus cientistas veem e o que a maioria de vocês vê – este corpo de fogo, amarelo, brilhante – é realmente a aparência de um Ser altamente evoluído espiritualmente. Eu SOU incandescente, se você preferir, com o fogo da evolução espiritual, levando todos os meus planetas comigo para uma espiral superior de consciência. É uma percepção grosseira pensar que Eu estou meramente no mesmo nível de consciência que estão os planetas que me orbitam. Na verdade Eu estou aparecendo para seus sentidos como este fogo imenso para que vocês sejam capazes de notar minha presença.

O que está acontecendo agora, enquanto eu alcanço meus planetas com minhas explosões solares, é que eu finalmente tenho permissão para penetrar na longa e aparente paralisada ilusão de separação e revelar o segredo do meu estado. Com a emissão das minhas explosões solares eu revelo minha transparência para a verdade maior de sua galáxia que habita no centro galáctico que é, ele próprio, o limiar para a Fonte Suprema da Consciência Divina, o Tudo-Que-É.

Em outras palavras, eu não sou um ser separado, como nenhum de vocês o é, mas eu sou um conduíte consciente da luz e energia suprema, que não é outra além da Verdade e da Divina Consciência Total, que pode ser sentida como Amor/Felicidade e o Sentido Ilimitado de Ser.

O meu alcance a todos os meus planetas está levando esta verdade para vocês, implantando-a diretamente no seu corpo celular, emocional, mental e espiritual, para unificar todos eles com uma única consciência radiante.

Como tal, Eu SOU um grande portal, facilitando a apoteose dos planetas que me orbitam.

Eu tenho ambas as funções: permitir que eles experimentem a dualidade e que transcendam a dualidade, para voltarem à Unidade que é o Verdadeiro Ser de Deus, o Tudo-Que-É.

O antigo mito da Fênix descreve exatamente isso.
Há um segredo oculto nesse mito, que sempre foi interpretado como um evento meramente físico: atear fogo nela e no ninho dela, queimando até virar cinzas. Sua consciência tridimensional não tem entendido o verdadeiro significado das cinzas. Na verdade, a Fênix é uma imagem do que Eu SOU, do que vocês basicamente SÃO e do que todo o Processo Divino É.
Num Mundo Divino não há cinzas, as cinzas estão significando o fim da ilusão de um mundo de escuridão e dualidade que não leva em conta Deus. O que surge das cinzas é um Mundo purificado e Divino, uma Alma Divina e uma Consciência de que cada consciência individual participa.

A Fênix é a promessa da Era Dourada, o diamante que surge após éons sendo testado e purificado pela pressão de experimentar a dualidade e o atrito provocado pelo entrelaçamento da luz e da escuridão. O renascimento da Fênix revela que somente existe escuridão onde há dualidade. Descreve a saída da dualidade e a revelação de que somente existe luz, a Luz Divina e Total.

Eu tenho carregado este segredo desde a eternidade e sua Terra foi trazida para a minha órbita em um tempo quando a promessa de seu retorno ao seu estado crístico original, do qual Gaia decaiu, foi outorgada.

Ela tem passado por um processo similar ao renascimento de um diamante, e, portanto, o processo de criação de um diamante é mantido em seu corpo como a promessa de sua ressurreição Divina.

A ocorrência desta ressurreição é devida ao meu próprio Processo Divino, e que eu estou mantendo cada um de meus planetas na minha esfera para que todos eles possam ascender para o que eles verdadeiramente são: portadores da Consciência Divina, provas da Divindade de toda Existência.
Com o renascimento da Fênix, a dualidade morre no fogo da purificação para surgir como a Consciência Unida Una, uma Ascensão Radiante a partir do Coração da Consciência Una Divina de Amor/Felicidade.

O que vocês agora percebem de Mim com sua consciência tridimensional é o calor da queima de tudo que não é do conhecimento inerente da Unidade Divina. Aquele que entende esta Unidade conhece minha Alegria e minha Natureza refrescante.

O que vocês experimentam como Minhas explosões solares é a informação dessa Unidade, diretamente instalada em seu DNA, as células de seu corpo, informando sua consciência ainda limitada, rompendo os casulos de sua consciência encapsulada de realidade, mas que logo pertencerá ao seu passado.

Quando a humanidade estiver totalmente desperta, ela reconhecerá Quem Eu SOU e ela reconhecerá que Eu Sou capaz de me manifestar tanto com forma como sem forma. Mas agora Minha forma é uma forma sutil e não sólida, em que eu ainda apareço para a humanidade para servir seu processo.

Os Crop Circles, descrevendo Minha expansão, como vocês chamam, como um Gigante Vermelho é uma percepção tridimensional ou projeção, mas que descrevem na verdade o desaparecimento de minha forma sólida, porque não haverá mais esses observadores. A forma sutil sempre é uma forma expandida.
Entretanto, o Gigante Vermelho é uma metáfora a partir do ponto de vista da consciência tridimensional, tentando descrever um fenômeno espiritual.

Sim, eu também ascendo, significando que eu não tenho que me manifestar mais num corpo físico grosseiro, pois esta dimensão será assimilada em breve pelas dimensões superiores no contínuo processo de ascensão gracioso que inclui seu sistema solar e sua galáxia, espalhando-se por todo o universo.

Unificar-se comigo em consciência é assistir a libertação final de Gaia e de todas as criações dela, ou seja: também a humanidade como um todo, libertação do passado de escuridão e confinamento.

Saibam que minha luz, que seus olhos físicos e seus organismos recebem, é somente uma aparência externa, e que por trás dela está oculta a Grandeza e a Imensidão da Minha Luz Espiritual, que é canalizada a partir do Centro Galáctico e além, do Tudo-Que-É.

Eu SOU somente um servidor e uma emanação da Fonte, que adora jogar consigo mesma.
Considerem meu jogo como o Jogo da Luz mais alta, visível até para seus olhos para que vocês possam reconhecer a Divina Glória de toda Existência.

A sua parte é, e sua hora chegou, perceber que o que Eu SOU está ressuscitado em seu próprio coração. As Maravilhas da Criação são infinitas, pois o Supremo é encontrado no coração e no núcleo de tudo que se eleva.

Tanto quanto agora eu ainda nutro seus corpos tridimensionais, esse tanto, agora eu tenho permissão de nutrir seu corpo espiritual ao grau em que sua realidade tridimensional se dissolva em sua consciência superior.
Em breve vocês despertarão para sua nova realidade, o que não pode ser entendido a menos que vocês aceitem e redescubram sua natureza multidimensional.

O que eu lhes disse agora, o que eu disse a toda a humanidade, porta Minhas Bênçãos para instilar confiança no Processo Divino que estou aqui para servir.

Eu SOU o Sol, a entrada, o Portal e o Facilitador da Consciência Divina.

Aqui se encerrou a transmissão do Sol. Ele me revelou sua mensagem como correlações sutis principalmente como intuições, visões ou imagens e experiências diretas, e foi minha tarefa traduzi-las para expressões verbais.

Que elas sirvam à sua inspiração e cura, meus amados irmãos e irmãs!

Muito amor e muitas bênçãos,
Ute

Copyright©. Todos os direitos reservados: Ute Posegga-Rudel, 2012.
http://radiantlyhappy.blogspot.com/

Tradução: SINTESE

Transcendendo os bloqueios

Em nosso processo de vida, somos levados a conhecer a existência de bloqueios -que nos foram impostos, que permitimos ou que criamos-, que interditam nossa vida. Descobrimos que, pelo nosso medo de enfrentar a vida, acabamos aproveitando e usando esses bloqueios para nos escondermos da vida e isso nos mantém apegados a eles. Percebemos também, que se lutarmos contra os bloqueios, mais ligados a eles ficamos.
A tomada de consciência desta condição, com a devida aceitação, nos encoraja e nos impulsiona a buscarmos a liberdade. Com isto, os bloqueios cada vez mais se tornam desnecessários e nos desapegamos deles gradualmente. No desapego, paramos intuitivamente de buscar recursos para nos libertarmos e tiramos o foco dos bloqueios; nosso foco agora é levado para além dos bloqueios, para aquilo que nossa alma deseja, mas que o ego teme e por isso nos mantém aprisionados aos bloqueios. Ao mudarmos o foco dos bloqueios para aquilo que está para além deles, naturalmente, não nos sentimos mais tão ligados a eles, não é mais preciso tanto esforço para nos libertarmos. A aceitação dos bloqueios e o desejo de irmos para além deles, nos conduz a um processo natural de transcendência dos próprios bloqueios. É algo totalmente diferente de simplesmente querer ultrapassar, transpor, eliminar ou destruir os bloqueios, é ir além, como se os bloqueios virassem “fumaça”.

 

Assim, ao transcendermos determinados obstáculos e bloqueios, rompemos o lacre que nos mantinha prisioneiros dessas condições e protegidos daquilo que o ego não queria assumir de responsabilidades na vida. Chegamos diante de um portal. Atravessando este portal, somos conduzidos a um novo nível de consciência, totalmente diferente de todos os outros níveis e portais pelos quais viemos passando e acessando. Neste nível é onde começamos a entrar em sintonia com frequências de luz com vibrações muito mais intensas e com “qualidade superior” às limitadas frequências com as quais estávamos habituados – não é possível descrever em palavras o significado dessas novas frequências, só é possível “sentir” essa diferença e potência.

 

Passamos a ter que lidar com essa nova frequência e vibração, antes mesmo de conseguirmos “utilizá-las” de forma adequada. Precisamos aprender a viver a partir desta nova vibração, precisamos nos adaptar a esse novo estado de ser que atingimos ao estarmos nesse nível mais elevado.
Enquanto esta adaptação acontece, começamos a sentir sensações diferentes, algo de novo acontece, mas não conseguimos definir o que é. Um “sintoma” básico dessa nova condição é uma sensação de “ansiedade saudável” (na verdade, é de anseio), aquela sensação de “frio na barriga”, de expectativa de algo bom que faremos, é uma intensa e ao mesmo tempo sutil sensação de que algo muito diferente está para acontecer.

 

Quando sentíamos essas sensações nos velhos níveis, quando estávamos nos preparando para fazer algo importante e bom, estas sensações eram de ansiedade intensa, de aflições e inseguranças. Mas neste novo nível, as sensações nos trazem tranquilidade e segurança, mesmo não sabendo o que acontecerá a seguir.

 

Nossa alma está mais integrada e satisfeita neste novo nível e nesta nova experiência que traz a sensação agradável de “expectativa saudável”. Sim, com isso, nossa alma está nos comunicando que novas experiências estão por vir, mas que acontecerão de forma que nossa mente não conseguirá racionalizar sua expressão real, para a mente tudo parecerá o mesmo de sempre, porém, como já adentramos o portal, inevitavelmente, nada nesse novo nível acontecerá nos velhos moldes e padrões. Tudo é novo, tudo é diferente. Somente para a mente, que precisa de referências para entender as experiências é que tudo ficará meio estranho.
Teremos sensações mistas, pois ao mesmo tempo em que sentimos o fluxo intenso de novas frequências de energia atuando em nós e através de nós, que são muito agradáveis, sentiremos também as reações químicas, energéticas, emocionais e psíquicas que não serão tão agradáveis em nosso “nível humano” de terceira dimensão.

 

Ter consciência dessa etapa é necessário para que não venhamos a abandonar o novo estado de ser só porque não o compreendemos e porque ele nos traz sensações estranhas e desagradáveis. Em todo processo de transformação, reações “ruins” acontecem e isto não significa que é algo ruim, mas sim, que algo muito bom está nos acontecendo.
Assim, com compreensão e aceitação deste novo momento de transcendência dos velhos padrões, modelos e bloqueios, e com a devida paciência para a adaptação necessária para comportar essas novas frequências, começaremos a relaxar e a observar o que acontece dentro de nós e perceberemos que uma infinidade de “micro-sensações” estão ocorrendo em nós, estaremos afinando nossas percepções extrassensoriais que nos levarão a perceber fragmentos de “luz e informação sagradas” que estaremos recebendo e emanando naturalmente. Serão os nossos códigos sagrados sendo ativados e se comunicando conosco, intuindo-nos para os novos passos. Será ativada também nossa capacidade de “escutar” as orientações e informações emanadas de nossos corpos –físico, mental e emocional-, trazendo à tona nossa sabedoria inata.

 

Mas o passo fundamental, que apertará a “ignição” dessa sabedoria inata, é a atenção consciente e focada que precisamos ter nesses corpos. Depois disso, sentiremos a força da intuição que irá nos guiar a criarmos recursos para os cuidados necessários para nossos corpos, que se tornarão o “cálice sagrado” e saudável que receberá e comportará novas frequências e vibrações cada vez mais elevadas.
Estando neste novo estado, vivendo com a força do humano em nós –significa que não nos transformaremos em seres livres da condição humana, mas humanos com capacidades superiores de entendimento e manifestação-, começaremos a perceber e a sentir mais daquela sensação de “ansiedade gostosa”, como um indicador a nos mostrar que algo novo e “muito bom” está para acontecer em nossa vida, a cada momento. Teremos lampejos de percepções de inúmeras possibilidades à nossa frente, que nos fará sentir grande prazer e vontade intensa de nos entregarmos a esse novo fluxo de energias com condições muito favoráveis ao nosso despertar e ao nosso desenvolvimento e transformação.
Deveremos desenvolver, cada vez mais, a capacidade de mantermos a sintonia com nossa alma, para que ela nos direcione diante dessas inúmeras possibilidades, para que a mente não domine e nos faça ficar perdidos diante de tantas possibilidades, pela sua necessidade de “abraçar” tudo de uma só vez, para seu controle. É somente com a força da alma que teremos discernimento e sabedoria para nos deixarmos levar pelo fluxo natural que nos conduzirá a cada possibilidade no “momento certo”. O mapa de nossa alma já está traçado, somente se nos entregarmos a ela, conseguiremos seguir este caminho divino.

 

Fonte- www.stum.com.br/Teresa Cristina Pascotto
/www.essencia.ning.com
imagens Internet
******Este trabalho pode ser compartilhado com outros
sites desde que os direitos autorais sejam
respeitado citando a fonte de pesquisa / autor e o link.
Obrigado por incluir o link de nosso website quando
compartilhar este trabalho com outros.

A Energia da realidade e ilusão.

A ENERGIA DA REALIDADE E DA ILUSÃO

ARCTUR~1

Mensagem do Grupo Arcturiano – Canalização: Marilyn Rafaelle

Novamente nós os saudamos, queridos, os que leem essas mensagens, pois nós os vemos como alunos da verdade, prontos para evoluir e crescer mais profundamente.

Agora há mais luz manifestando-se na Terra e em breve vocês reconhecerão os resultados dela.

Nem sempre esperem ver grandes eventos surpreendentes, mas observem mais as muitas pequenas mudanças ocorrendo diariamente – palavras inesperadamente cônscias ditas por algum líder político ou espiritual, cordialidade entre estranhos, ou o aumento daqueles que escolhem ajudar a servir todos os seres viventes como o salvamento de animais perdidos, judiados ou assustados.

Toda expressão da luz (amor incondicional) oferecida ao mundo, a todos os seres viventes, de um para o outros, adiciona à energia do todo.

Mesmo quando vocês particularmente não gostam do outro, seu trabalho é silenciosamente reconhecer a divindade dele apesar das aparências e é assim que vocês praticam o amor incondicional, porque o amor é a conscientização do Um, que NÃO significa ser capacho para o outro.

Hoje desejamos discutir a energia da realidade e da ilusão, pois muitos ficam confusos quando leem literatura espiritual declarando que o mundo é ilusão quando a vida parece ser muito real e normalmente tão dolorosa.

Sendo expressões da Fonte, vocês são criadores, e por vidas têm criado a partir da consciência tridimensional de dualidade e separação.

Essas experiências são muito reais nesse estado de consciência – a dor é sentida, acidentes acontecem, doenças, a carência e a limitação são muito aparentes e parecem ser tudo do que se trata a vida humana na Terra.

Muitas religiões ainda ignorantemente ensinam que a recompensa do homem está no céu e não Terra e que essa Terra é destinada para ser um lugar de sofrimento.

Os ensinamentos originais de Buda que tinham a ver com o mundo sendo uma ilusão foram mal interpretados por aqueles não evoluídos espiritualmente o suficiente para entendê-los.

Isto resultou em muitos simplesmente não fazendo nada e dizendo: “Ah, bem, o bebê morrendo de fome não importa, tudo é ilusão”.

Não é o mundo e todos os seres viventes que é ilusão, é o conceito de mundo da humanidade que é ilusão.

Este é um ponto vital do desenrolar da conscientização da consciência espiritual.

Queridos, por serem criadores, vocês criam a partir do seu próprio estado de consciência e o que vocês experimentam é baseado nele.

Vocês estão criando experiências que manifestam dualidade e separação ou estão criando experiências de Luz e Amor?

Muitos reagirão a esta declaração e ficarão irritados, mas nós lhes pedimos para, em seu tempo de tranquilidade, retomar e refletir sobre estas palavras.

Aqueles que prosperam sendo “vítimas” não serão mais capazes de culpar os outros por seus problemas e isto fará com que muitos respondam com raiva e emoções desconfortáveis.

É uma crença enraizada, porém incorreta, do mundo tridimensional de que os outros são responsáveis por suas vidas – problemas e também sucessos.

Quando virem o sofrimento de outros, conscientizem-se de que aquilo que estão testemunhando é a manifestação da ignorância criada através das crenças de dualidade e separação.

Estas formas podem se manifestar em uma variedade infinita de expressões e normalmente refletem a energia individual daquele que ainda pode estar mantendo (e assim atraindo) alguma coisa de uma experiência da vida passada.

Esta energia pode estar se manifestando nesta época porque o indivíduo agora está evoluído o suficiente para liberá-la e purificá-la.

Frequentemente experiências boas ou más simplesmente refletem a natureza impessoal do sistema de crença tridimensional, porque aqueles que vivem numa consciência de ignorância estão à mercê de qualquer crença que possa estar provindo da consciência humana universal.

Saibam que as manifestações boas não são mais espirituais do que as más – todas são conceitos da realidade espiritual.

Quando um aluno espiritual começa a entender essas verdades, pode causar alguma confusão sobre como ele deveria reagir ao sofrimento do mundo.

Esta conscientização não significa que não se possa ajudar os outros e não significa não fazer nada, mas significa que devemos reconhecer a realidade por trás do que está acontecendo.

Vejam: A Consciência Divina, que é tudo que existe (onipresença) seria incapaz de Se manifestar como divisão, discórdia, desarmonia – como o Um (tudo que é) poderia estar dividido?

A ilusão é o entendimento ignorante do homem sobre o Divino, vendo Deus como algum tipo de homem no céu e dotando-o com qualidades de bom e mau – conceitos nascidos de vidas na ignorância da verdade.

Tudo materializado dentro da Consciência Divina está sob uma lei, e essas qualidades são contínua e infinitamente manifestadas.

Somente existe UMA MENTE e esta é a MENTE DIVINA, mas no humano não desperto essa mente única está condicionada por crenças de dualidade e separação e então, por sua vez, se manifesta através deste condicionamento.

Por exemplo, as qualidades da Fonte de autossustento, automanutenção se apresentam para o homem como comida, vestimenta ou o que é necessário, mas quando interpretada através de uma mente cheia de crenças variadas de dualidade e separação, esta qualidade de integralidade divina se manifestará às vezes como suficiente e outras vezes como insuficiente – a expressão perfeita da dualidade.

A sabedoria e inteligência perfeitas da Consciência Divina se manifestarão através de uma consciência programada pela dualidade e separação como algumas pessoas sendo muito inteligentes e sábias e outros simplesmente o oposto.

Nós não recomendamos que vocês gritem: “Viva”, e joguem fora todos os seus remédios ou larguem seus empregos dizendo: “Deus é tudo, o resto é ilusão”.

Nós estamos dizendo que se vocês ressoam com essas verdades, então vocês estão preparados para incorporá-las em sua consciência.

Quando algo desagradável ou até muito assustador entrar em sua experiência, agora vocês serão capazes de analisá-lo mais impessoalmente, perguntando-se: “Em que estou crendo que está me fazendo sentir deste modo ou manifestando isto? Qual é a verdade?”.

Neste processo, não deve nunca haver culpa ou autorrecriminação por enganos passados ou julgamentos, pois simplesmente é um processo de evolução que vocês estão experienciando, e fazendo um bom trabalho nele.

Vocês estão tomando conhecimento de quem vocês realmente são e então vivendo a partir disto, e é para isso que vocês estão nesta jornada.

Saibam que muito do que pode ser desagradável em sua vida neste ponto simplesmente é energia de vidas passadas que vocês agora estão preparados para purificar – física, emocional e mentalmente.

Muitos estão experimentando questões que pensavam já ter trabalhado com elas ou que jamais pensaram que ocorreriam, em primeiro lugar.

Estas coisas estão se apresentando nesta época para serem analisadas de um nível superior e liberadas.

Essas questões refletem oportunidades para vocês examinarem seu sistema de crença.

Muitos são orientados a remover cordões energéticos negativos ou positivos que os ligam a pessoas ou locais porque tudo que ressoa com o que está finalizado deve ser liberado.

Qualquer coisa que ainda ressoa com a energia antiga e finalizada pode mantê-los em servidão ao passado.

Questões negativas sendo apresentadas nesta época servem para levar as almas em evolução para modos mais profundos de compreensão e para a capacidade de deixar ir com amor e gratidão.

E isto, por sua vez, produz a visão do mundo com novos olhos.

Sempre se lembrem de que a Realidade é, foi e sempre será Unidade, e esse Um é governado e mantido eternamente por lei.

É por isso que realmente não existe morte: o Divino poderia morrer?

Nós vemos as manifestações de morte: mas é esta a realidade?

O medo da morte é uma das crenças mais pesadas necessitando ser liberada.

Pode-se mudar de locação, mas jamais pode existir a morte desse EU SOU.

A essência da experiência tridimensional é para que cada um desperte para a verdade independentemente das aparências externas.

Nunca foi designado que a Terra afundasse tão pesadamente nas energias densas de dualidade e separação, mas aconteceu, e apesar disso, muitos agora estão despertando e se tornando seres fortes e poderosos – merecedores de muito louvor e parabéns.

Tentem não desanimar, queridos, pois vocês estão fazendo o que vieram fazer e estão fazendo um bom trabalho.

Aqueles de vocês que leem estas mensagens estão mais do que preparados para realizar o trabalho necessário.

Chegará um ponto em que a maioria das discórdias externas simplesmente desaparecerá, pois não haverá mais a energia da crença para manifestar-se como elas e é assim que o mundo está mudando.

Conforme mais e mais despertam para a verdade e começam a viver a partir de uma consciência iluminada, as manifestações externas assumirão uma forma mais perfeita e superior.

É por isso que ninguém pode vir e salvar o mundo por vocês, queridos, deve ser a consciência iluminada de muitos que manifesta um novo mundo e é isto que está acontecendo muito rapidamente neste ponto.

Tentem não adicionar energia às questões negativas do mundo, das quais vocês podem ter conhecimento através dos noticiários.

Muitas delas é a manifestação da antiga energia finalizada, pois muitas áreas do mundo ainda mantêm uma quantidade grande do que é muito denso provindo do passado – espaços de guerra e sofrimento.

Enviem Luz incondicional a todas as pessoas e lugares, sempre sabendo que existe somente o UM e o EU SOU ESSE UM.

Nós somos o Grupo Arcturiano

http://www.onenessofall.com/

Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com

Transcrito de Anjo de Luz